Denise

Malária na África

 

 

 A Organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras (MSF) denuncia em seu site que os tratamentos adequados contra a malária continuam a faltar na África, continente onde a doença mata uma criança por minuto. A Organização afirma que suas equipes vêem os pacientes receberem medicamentos antigos, como a cloroquina, mesmo quatro anos depois de a Organização Mundial de Saúde (OMS) ter recomendado a adoção de uma terapia combinada baseada em outro remédio, a artemisina. Em muitos países, o parasita da malária criou resistência aos métodos convencionais. O problema é que a artemisina, mais eficaz, é 10 vezes mais cara.

Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply