Archive for September, 2006

Denise Amazonas

Bebês em Perigo

Um estudo do professor Chin Na Lin, da FMUSP, comprovou que, em São Paulo, a poluição do ar esta diretamente ligada à morte de bebês. Lin registrou o crescimento de 6,3% no número de mortes de recém-nascidos nos dias de pico de poluição, principalmente os mais frios.

O pesquisador analisou a relação entre a concentração de poluentes no ar e a morte de bebês entre um e 28 dias de vida na capital paulista. Segundo Lin, o estudo exigiu um trabalho estatístico complicado, pois foi necessário considerar fatores que influenciam na morte dos bebês, como os dias mais gelados, nos quais cresce a mortalidade infantil. Ao estimular problemas respiratórios, a poluição deixa os bebês mais vulneráveis a infecções respiratórias. No inverno, essa tendência cresce porque a poluição, devido à falta de chuva, que assenta os poluentes, também aumenta.

Infelizmente, sabemos que a grande poluidora da cidade de São Paulo é a sua frota: são mais de 6 milhões de veículos circulando na cidade, muitos deles completamente desregulados, sem catalisador, soltando uma fumaça preta.

Na semana passada, a Prefeitura fez mais um dia sem o carro, para incentivar o uso do transporte público, e até o prefeito foi trabalhar de ônibus. Mas tenho várias críticas a esse dia: primeiro, que um dia para 365 dias do ano não serve pra nada; segundo, que a falta de divulgação tornou o dia completamente inútil; terceiro, que com os ônibus do jeito que estão e com as mudanças nas rotas, ninguém gosta de andar de ônibus: prefere ir de carro. Por isso, ainda falta muito para que o paulistano aprenda a andar mais a pé e menos de carro…

LIN CA; PEREIRA LAA; NISHIOKA DC; CONCEIÇÃO GMS; BRAGA AL F; SALDIVA PHN. Air Pollution and Neonatal Deaths in Sao Paulo, Brazil. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (2004) p. 765-770

Templatesbrowser.com